Abuso de crianças: uma escola indexada

Esta história sórdida está acontecendo na África do Sul. Encaminhado sem aviso prévio, um professor denuncia o abuso de crianças menores de 5 em uma escola.

Teria sido necessário que este infortúnio lhe acontecesse para este professor denunciar as coisas cruéis feitas a crianças inocentes nesta escola.

Enquanto os pais pensavam em confiar seus filhos a seres humanos, eram apenas monstros que eles haviam confiado a eles.

Uma escola cuja licença expirou. Esses pequenos pedaços de repolho que lhes eram confiados haviam se tornado seus rapazes para todos os fins e, acima de tudo, foram maltratados e maltratados por um dos supervisores.

Leia também: Chidinma: A estrela ameaça, a rádio local pede desculpas

Felizmente para os pequenos, esta senhora foi filmada no momento de suas ações por outro supervisor que guardou zelosamente sua jóia de chantagem até que ele foi enviado de volta mais tarde. Ele então ameaça divulgar o conteúdo do vídeo se seus direitos não forem pagos, o que não é o caso, é claro. Então, esse supervisor compartilhou os vídeos nas redes sociais.

Mas o que é mais chocante nessa história é apenas um ano depois que os pais souberam o que estava acontecendo com seus bebês. Pois o diretor desta escola não dispensou o supervisor cruel nem informou isso aos pais das crianças.

O que sugere que eles eram cúmplices.

Felizmente, graças a esses vídeos, as investigações foram realizadas e as autoridades puderam encontrá-los e prendê-los. E ela vai aparecer no tribunal este 7 APRIL 2019.

Mas essa prisão não deve parar por aí. E o diretor da escola, e a pessoa que filmou e manteve as imagens por um ano sem denunciá-los, também devem ser presos, assim como o fechamento dessa escola é necessário.

Dylaurette YOUKOU

comentários

comentários

LEIA MAIS AQUI