"O sistema falhou (...) Vá dizer Paul Biya"

Um ano após sua libertação em Jeune Afrique, onde ele criticou fortemente a gestão da crise anglófona ao seu lado, incluindo Paul Biya, Fon Victor Mukete, membro sênior do Senado, e eleito membro eleito do comitê central do Rdpc, apresenta desta vez antes dos ministros no Senado.

Fon Mukete e Paul Biya - DR

Nesta sexta-feira, 5 April 2019, por ocasião de um plenário na Câmara Alta do Parlamento, o senado mais antigo do Senado fez uma saída que pode não agradar ao governo.

Diante dos ministros, Fon Mukete retornou à crise anglófona na área de língua inglesa. Para ele, o sistema fracassou na resolução dessa crise, exaltando os méritos do federalismo, exigido por uma franca população das regiões Noroeste e Sudoeste.

"O sistema falhou, a federação é o único caminho. Dez Estados Federados para que cada região possa administrar seus próprios assuntos. Por que as pessoas têm medo da federação? Eu não falo para que o país seja dividido. Não! Lutei muito pela reunificação do ex-Camarões do Sul e da antiga República dos Camarões. E eu nunca serei capaz de destruir isso. Mas o país deveria ser federado. Olhe para a América, África do Sul, Suíça, Nigéria, Canadá, Bélgica, Alemanha, México, Rússia e Ruanda ", quis salientar o militante do Comício Democrático do Povo dos Camarões ( CPDM), partido no poder e de Bafaw em Gréé, região sudoeste, informa República dos Camarões.

"O que é esse absurdo? Meu povo está morrendo, eles estão sofrendo e estamos jogando em Yaoundé. Nós devemos ter cuidado. Eu não me importo. Vá dizer a qualquer um. Vá dizer Paul (Biya Ed) e me levar a qualquer lugar ", disse ele.

Desde o início desta crise, as posições não são unânimes sobre a gestão da crise anglófona e as soluções propostas. A recente entrevista de Victor Mukete, líder supremo da Bafaw, em Jeune Afrique, com sede em Paris, já revelou divergências no topo do estado.

Em Jeune Afrique, em fevereiro 2018, o chefe sênior dos anos 100, repreendeu o presidente camaronês por ser "inacessível". Ele denunciou a marginalização dos anglófonos, "que têm apenas ministros 10 no 60 no governo".

Este artigo apareceu primeiro em https://www.lebledparle.com/actu/politique/1107303-crise-anglophone-le-doyen-du-senat-en-colere-contre-le-gouvernement-le-systeme-a-echoue-allez-dire-a-paul-biya