Facebook quer cercar a África com um enorme cabo submarino de fibra óptica

Um projeto escandaloso que permitiria que o Facebook se interessasse por bilhões de africanos da 1,2.

O objetivo da empresa é bastante claro: permitir que o mundo inteiro tenha acesso à Internet. O Facebook está prestes a cercar a África com um gigantesco cabo de fibra ótica submarino. Está em Wall Street Journal, que o Facebook decidiu falar sobre essa operação ultrajante. Um projeto que é uma reminiscência do Google. De fato, a gigante americana anunciou em julho 2018 querendo para conectar a França aos Estados Unidos com o projeto Dunant.

O projeto do Facebook já é chamado " Simba". Poderia permitir que quase toda a África desfrutasse da Internet. Muito poucos detalhes, mas pelo menos sabemos que pode ser conectado a pontos de acesso existentes, especialmente em algumas praias nas costas leste, norte e oeste. O Facebook sabe que, para crescer, deve atacar a África. O continente é habitado por mais de 1,2 bilhões de pessoas e ainda não está muito bem conectado ao resto do mundo para algumas regiões.

O Facebook sabe que seu futuro certamente depende da África. De fato, se vários milhões de africanos pudessem se conectar à Internet e criar uma conta no Facebook; a rede social pode ganhar muitos usuários em um tempo muito curto e, assim, ganhar poder. A priori, não haveria acordo ainda assinado para a instalação deste cabo gigante. Esta não é a primeira vez que o Facebook fala sobre a instalação de um cabo submarino para conectar o mundo.

Já no 2017 e com a ajuda da Microsoft, Facebook estava puxando um cabo transatlântico sobre 6 500 quilômetros. A instalação do Marea é seu nome, iniciada no 2016 e trouxe uma conexão estável no 2018. Seu ponto de partida é nos Estados Unidos, em Virginia Beach, e seu ponto de chegada em Bilbao, na Espanha. No 2019, a Internet ainda não é confiável na África. A culpa por infra-estrutura ainda em desenvolvimento e áreas do continente absolutamente descoberto. O Facebook gostaria de permitir que os africanos usem o WhatsApp, o Instagram e o Facebook.

Este artigo apareceu pela primeira vez em: https://siecledigital.fr/2019/04/09/facebook-veut-encercler-lafrique-avec-un-immense-cable-sous-marin-de-fibre-optique/