Angola: companhia aérea nacional autorizada a voar no céu europeu - JeuneAfrique.com

A Comissão Européia retirou nesta terça-feira a companhia aérea angolana de sua lista negra de companhias aéreas. Conseqüência: será novamente permitido operar seus dispositivos nos céus da União Europeia.

A companhia aérea TAAG Angola Airlines e uma empresa sediada neste país, a Heli Malongo, sujeita a restrições operacionais desde novembro 2008, foram retiradas da lista, anunciou o executivo europeu em um comunicado.

No total, as companhias aéreas 120 estão sujeitas a uma proibição de operação na União Europeia, incluindo a certificação 114 no país 16, por falta de supervisão de segurança pelas autoridades de aviação desses países. Seis outras empresas estão sujeitas a "preocupações" de segurança sobre as próprias empresas: Avior Airlines (Venezuela), Iran Aseman Airlines (Irã), Iraqi Airways (Iraque), Blue Wing Airlines (Suriname), Med -View Airlines (Nigéria) e Air Zimbabwe (Zimbábue).

Além disso, outras quatro empresas estão limitadas no uso do tipo de aeronave operada. Isto éAfrijet (Gabão), Air Koryo (República Democrática Popular da Coreia), Air Comoros (Comores) e Iran Air (Irão).

Este artigo apareceu primeiro em JOVENS ÁFRICA