Egito: Três dias de referendo constitucional para Abdel Fattah al-Sissi

O referendo para a emenda da constituição começa sábado 20 abril. Deve permitir que Abdel Fattah al-Sissi permaneça no poder até 2030.

Com nosso correspondente no Cairo,Alexandre Buccianti,

61 milhões de eleitores egípcios são chamados a decidir sobre uma série de emendas à constituição da 2014. Eles têm três dias para fazer isso, a partir deste sábado (e até sexta-feira) para os eleitores da diáspora).

O elemento mais importante posto em votação diz respeito à extensão do mandato presidencial, permitindo que Abdel Fattah al-Sissi permaneça no poder até 2030 em vez de 2022. As emendas também fazem do exército o garante da constituição e introduzem uma cota de 25% de mulheres no parlamento.

« O primeiro dia de votação no exterior foi satisfatório ", Disse o ministro egípcio da emigração sem dar figuras da participação. A taxa de participação é, de fato, o verdadeiro desafio que o poder egípcio enfrenta, porque a esmagadora vitória do "sim" é sem dúvida. Mas devemos tentar fazer o mesmo, se não melhor, do que no referendo sobre a constituição da 2014, quando 39% dos eleitores votou.

Para atingir esse objetivo, não economizamos nos meios. Anúncios, músicas e videoclipes são transmitidos quase em loop na rádio e na televisão públicas e privadas. As ruas estão cheias de cartazes e cartazes pedindo aos egípcios que votem " para estabilidade ". Figuras religiosas muçulmanas e cristãs, o mundo das artes e do esporte também estavam envolvidos.

Fonte do artigo: http://www.rfi.fr/moyen-orient/20190420-egypte-trois-jours-referendum-constitutionnel-abdel-fattah-al-sissi